quinta-feira, junho 21, 2018

E, como a COPA chegou...






         CAMPUZANO
 


"MUSA DO JAPÃO", JESSICA MALTA COMEMORA VITÓRIA CONTRA A COLÔMBIA E ELOGIA OSAKO






Descendente de uma família que mistura japoneses, italianos e índios, Jessica Malta é a "Musa do Japão" no concurso "Musa da Copa - O Original". A gaúcha de 27 anos nasceu na cidade de Guaíba, mas atualmente mora em Santa Cruz do Sul, também no Rio Grande do Sul.






 "Muitas pessoas perguntam se sou oriental e decidi representar o Japão por ser um país sensacional. Tenho muita vontade de conhecer a capital Tóquio", revela a beldade que é estagiária de Direito.


Jessica Malta também entrou na brincadeira e elogiou Yuya Osako, que gerou trocadilhos nas redes sociais após marcar o gol da vitória da seleção japonesa contra os colombianos.

O concurso 'Musa da Copa - O Original' foi elaborado pelo produtor e fotógrafo Felipe Camargo em parceria com o grupo de comunicação em assessoria de imprensa e correspondente internacional MFPG. 










 O concurso leva o nome de Original pois as modelos precisam ter descendentes do país escolhido ou características físicas para fazer valer a representação.

 Fotos de Felipe Camargo / MF Press Global

quarta-feira, junho 20, 2018

E, como a COPA chegou...






      CAMPUZANO







Musa da Polônia revela qual loucura fará se a equipe polonesa vencer a Copa do Mundo 2018.

Emy Schardosim, musa da Polônia mostra todo o seu amor pela seleção que representa em um ensaio que promete esquentar o frio europeu e motivar os jogadores rumo a vitória.







As Seleções se enfrentaram com destaques nos ataques: de um lado, Lewandowski, do outro, Mané. O Senegal voltou a participar de uma Copa do Mundo após 16 anos, e começou derrotando a Polônia por 2x1, mas isso não é motivo para desanimar a torcida polonesa, nem sua musa, que promete fazer uma loucura caso a Polônia vença o Mundial.








A Polônia era apontada como favorita no competitivo Grupo H, mas o resultado de hoje frustrou algumas expectativas. 
 
O Estádio do Spartak estava ainda mais vermelho e branco, e apesar do resultado desfavorável e da maioria polonesa na torcida, o que se viu foi respeito mútuo e amor pelo esporte entre as duas seleções. 
 






A musa da polônia na Copa do Mundo 2018, no concurso Musa da Copa - Oficial, Emy Schardosim, acadêmica de Educação Física, 26 anos, natural de Gravataí, Rio Grande do Sul, tem mostrado sua torcida e amor pela seleção da Polônia em ensaios que prometem espantar o frio característico do país europeu, e motivar a torcida pela seleção polonesa. Certamente, os “Aguias Brancas”, como são conhecidos, terão mais um motivo para voar alto nessa competição, no que depender de Emy.






Sobre o destaque da Polônia, Emy tem uma opinião:
 

 “Ainda sonhamos com o titulo no mundial. Já ganhamos medalhas nas olimpíadas, mas ainda nenhuma Copa. Eu acredito que o  Robert Lewandowski será um dos artilheiros do Mundial, e pode trazer a taça. Se a seleção polonesa vencer, eu faço uma loucura e compro a passagem na hora, e vou comemorar com eles o título. Promessa é divida.” Powodzenia! (boa sorte em polonês)

 Fotos: Felipe Camargo / MF Press Global

terça-feira, junho 19, 2018

E, como a COPA chegou...






        CAMPUZANO



Conheça a origem e o lado humano da lenda portuguesa Cristiano Ronaldo


Poucos sabem a verdadeira história de Cristiano Ronaldo, lenda do futebol português e mundial, mas o "Gajo" cresceu em uma das áreas mais pobres da Funchal, a capital da Ilha da Madeira. Seu pai era jardineiro e sua mãe cozinheira.



Aos 9 anos ele começou a jogar futebol e era trollado por seus colegas de equipe pois seu pai era encarregado dos vestiários para ganhar um dinheiro extra. A perseverança do garoto de origem humilde, no entanto, não o fez desistir. Pelo contrário! Cristiano Ronaldo se dedicou ainda mais aos treinos.



Aos 11 anos ele se mudou para a capital Lisboa para fazer parte do Sporting. Até que, quando completou 14 anos, seu pai e seu irmão se tornaram alcoólatras. Foi um momento muito difícil para Cristiano Ronaldo e ainda pior quando, aos 20 anos, seu pai faleceu. Hoje em dia CR7 não bebe uma gota de álcool e ajuda seu irmão com o tratamento contra o vício.




Do Sporting ele foi para o Manchester United e depois para o Real Madrid para se consagrar como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial. Seu prestígio só o fez ajudar ainda mais as pessoas necessitadas.



Tanto que, em 2016, quando o fogo devastou a Ilha da Madeira, Cristiano Ronaldo ajudou financeiramente o local. No mesmo ano doou sua bonificação de 600 mil euros pelo título da Liga dos Campeões para instituições de caridade.



Ele também pagou o tratamento do bebê Erik, que passou por uma cirurgia aos 11 meses de vida, visitou Martunis, sobrevivente de um tsunami devastador na Indonésia, e arrecadou 1,5 milhões de euros com doação de sua chuteira de ouro para ajudar a reconstruir escolas em Gaza, território palestino. 







Além de ajudar muitas crianças e pessoas em todos os cantos do mundo, Cristiano Ronaldo não tem tatuagens pelo corpo pois doa sangue regularmente.










O jovem português de origem humilde, portanto, é muito mais do que um excelente jogador de futebol. 








Ele é um ser humano espetacular e merecedor de tudo o que conquistou com muita garra e suor!











 Fotos: MF Press Global Portugal

E, como a COPA chegou...






       CAMPUZANO
 TÉCNICA DE ENFERMAGEM, "MUSA DA INGLATERRA" QUASE INFARTA COM GOL NOS ACRÉSCIMOS









Mesmo sendo técnica de enfermagem, a "Musa da Inglaterra" Jessica Porsch quanse infartou com o gol de Harry Kane nos acréscimos do segundo tempo que deu a vitória aos ingleses contra a seleção tunisiana por 2 a 1.









"Todas as seleções estão tendo dificuldades na estreia e não foi diferente com a Inglaterra. A Tunísia mostrou uma boa estratégia e dificultou muito nossa vitória.
Confesso que quase passei mal de tanto nervoso, mas o país que inventou o futebol é o melhor e por isso saímos com o resultado positivo", celebra a beldade de 27 anos que tem uma vida voltada à academia.



Jessica Porsch nasceu em São Borja, no Rio Grande do Sul, mas atualmente mora em Porto Alegre. Ela conta que nunca foi para a Inglaterra, mas sonha em conhecer Londres. "Lá é o local onde reside a Família Real com seus palácios e todo o charme que envolve.






Londres tem a maior rede ferroviária subterrânea do mundo e quatro patrimônios da humanidade sendo um deles o observatório de Greenwich. É nele que se baseia a hora mundial. Por ter descendência europeia sempre li muito sobre tais países. No caso da Inglaterra, me chamou a atenção Londres por tudo que oferece e acabei me aproximando do futebol e por consequência da seleção inglesa", explica a técnica de enfermagem.





Apesar de gostar muito do futebol do atacante inglês Marcus Rashford, a "Musa da Inglaterra" confessa que o jogador mais bonito da Copa do Mundo é o português Cristiano Ronaldo.

 Fotos de Felipe Camargo/MF Press Global

E, como a COPA chegou...






           CAMPUZANO



"Musa do Panamá" promete pintar o corpo com as cores do país caso a seleção seja campeã da Copa do Mundo





Juliana Omayra, a "Musa do Panamá" no concurso "Musa da Copa - O Original", nasceu na cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e tem descendência indígena. Atualmente morando na capital do estado, Campo Grande, a morena é estudante de Educação Física e trabalha como modelo fitness e modelo fotográfica.









"Me identifiquei com a garra e determinação da seleção panamenha. Foi um feito inédito nos classificarmos para a Copa e se conseguirmos o título vou posar nua com o corpo pintado nas cores do país", afirma Juliana Omayra.


 A beldade ainda não conhece pessoalmente o Panamá, mas tem muita vontade de viajar para a capital Cidade do Panamá. 


"O jogador da seleção panamenha que mais gosto é o Román Torres, mas o mais bonito da Copa do Mundo da Rússia é o Alisson Becker, goleiro do Brasil", destaca a "Musa do Panamá".


 O concurso 'Musa da Copa - O Original' foi elaborado pelo produtor e fotógrafo Felipe Camargo em parceria com o grupo de comunicação em assessoria de imprensa e correspondente internacional MFPG. O concurso leva o nome de Original pois as modelos precisam ter descendentes do país escolhido ou características físicas para fazer valer a representação.
 

Fotos: MF Press Global

segunda-feira, junho 18, 2018

E, COMO a copa chegou...


 



      CAMPUZANO





 Musa do Brasil comenta sobre a performance de Neymar, o nervosismo dos jogadores e pressão sobre a Seleção Brasileira no jogo contra a Suíça.



Milla Felix, musa do Brasil na Copa do Mundo 2018, opina sobre o desempenho dos jogadores da seleção brasileira no jogo de domingo contra a seleção da Suíça. 


Apesar de todo o favoritismo e de uma onda verde-amarela que varreu as redes sociais, com milhões de posts e fotos de famílias inteiras vestindo a camisa da seleção, a equipe que chegou ao Mundial da Rússia com uma campanha arrasadora, acabou derrapando na estréia no torneio. Nervosos e errando nas finalizações, o que conseguiram foi um amargo empate com a Suíça, por 1 a 1, neste domingo (17), em Rostov. 

 
O próprio técnico da seleção, Tite, admite que a equipe sofreu em campo. Neymar não encontrou seu lugar no jogo, e o fraco desempenho trouxe à memória dos brasileiros o fantasma do 7x1, e toda a expectativa de trazer o Hexacampeonato para casa: pressão total. 





 Mas não foram só os comentaristas esportivos que notaram o nervosismo da seleção no jogo. A musa do Brasil na Copa do Mundo 2018, Milla Felix, comentou sobre o desempenho da seleção em campo, com destaque para Neymar: "Achei-os muito nervosos, pressionados. Um jogador como o Neymar tem que estar preparado para a pressão que é representar o Brasil em campo. Veja o Cristiano Ronaldo, sob pressão ele faz acontecer. Se Neymar não aprender a trabalhar sob pressão, ele nunca vai ser o melhor do mundo. Infelizmente quando Neymar tropeça, o Brasil inteiro derrapa”. Disse Milla.





Haja coração. E para evitar o nervosismo, e os altos e baixos de tanta emoção, Milla acredita que os convocados deveriam ter sido anunciados antes, para prepararem o psicológico e o emocional para a responsabilidade: "Sobre a seleção, tem vários nomes que são bons em seus times, mas que não tem sido tão brilhantes quando jogam pela seleção. Tem que ser. Achei o Marcelo muito nervoso. Acredito que o peso de ser capitão foi forte pra ele. Tite deveria ter decidido os postos bem antes."


Milla tem representado bem o país como musa da Seleção Brasileira no Mundial. Apresentando traços tipicamente brasileiros, indígena, a morena é uma inspiração ambulante para levantar a moral da seleção e dos torcedores, motivação essa distribuída em 105cm de bumbum, 94
cm de busto, 70cm de cintura, 63cm de coxa distribuídos em seus 1,70m de altura e 68kg. Apesar de toda a pressão, a musa afirma que é positiva e que ainda torce e acredita em dias melhores para o Brasil no mundial: “Não sou feita só de críticas. Sou a musa da seleção e torço pra nossa equipe de corpo e alma. Apesar do resultado não ter agradado, eu sou muito positiva. Mentalizo coisas boas e sigo torcendo. Estou aqui pra levantar a moral do time e da torcida, e com isso vocês podem contar. Contem comigo.” Finaliza Milla.


MF Press Global 

E, como a COPA chegou...







        CAMPUZANO





"MUSA DA COSTA RICA" LAMENTA DERROTA PARA A SÉRVIA E ACREDITA EM REABILITAÇÃO CONTRA O BRASIL NA COPA DO MUNDO


"Musa da Costa Rica" lamenta derrota para a Sérvia e acredita em reabilitação contra o Brasil na Copa do Mundo



Ana Torres, a "Musa da Costa Rica" no concurso "Musa da Copa - O Original", lamenta a derrota da seleção para a Sérvia por 1 a 0 na estreia da Copa do Mundo e acredita em um bom resultado no jogo contra o Brasil que acontecerá na próxima sexta-feira, dia 22.








"Infelizmente perdemos, mas perdemos por pouco e ainda há chances. Acredito que faremos um bom resultado contra a seleção brasileira. Eu não conhecia a Sérvia até termos o Petkovic no Brasil e agora por ter perdido deles (risos)", afirma a modelo e estudante de Direito que está sendo considerada em Porto Alegre como a "Musa do Grêmio".








A loira que tem 90cm de bumbum, 86cm de busto e 50cm de cintura distribuídos por 49kg e 1,59m de altura nunca foi para a Costa Rica, mas tem muito desejo de conhecer o país.


 Ana Torres diz que o goleiro Keylor Navas e o zagueiro Francisco Calvo são os jogadores mais bonitos da seleção costariquenha.



A gaúcha de 21 anos foi o centro das atenções na Marquês de Sapucaí







pois mostrou seu corpo perfil magrinha, com bumbum e seios naturais assim como a atriz Isis Valverde




 


O concurso 'Musa da Copa - O Original' foi elaborado pelo produtor e fotógrafo Felipe Camargo em parceria com o grupo de comunicação em assessoria de imprensa e correspondente internacional MFPG. O concurso leva o nome de Original pois as modelos precisam ter descendentes do país escolhido ou características físicas para fazer valer a representação.

Fotos: de Felipe Camargo / MFPG

Foto de Felipe Camargo / MFPG