sexta-feira, junho 19, 2015

Espaço Motor

João Mendes



 
 
 
 
 
 
         RENAULT DUSTER 4X4 2016
 

Eu gosto do Renault Duster que teve seu visual modificado recentemente e na última semana tive o prazer de ficar curtindo a versão top, Dynamique com tração 4X4. Não quis jogar o carro em terreno muito duvidoso porque a intenção era testar apenas o acionamento do sistema que acontece através de botão no console que possui três opções, 4X2, AUTO e LOCKER.

Na opção AUTO é acionado o sistema 4X4 por demanda e na LOCKER acontece o travamento dos diferenciais e a distribuição do torque entre os eixos.

A posição AUTO é a que deve ser usada porque dá mais estabilidade em muitas situações como piso de pedras molhado, terra, e qualquer piso escorregadio. Importante também dizer que a transmissão possui 6 marchas com uma primeira bem curta já que o motor Flex 2.0 de com potência de

148 cavalos desenvolve bem e tem boas retomadas mas, principalmente na estrada, use a 6 marchas para economizar combustível e se quiser economizar mais e só apertar a tecla ECOMODE no painel e então o motor reduz sua potência e torque e ainda a potência do ar condicionado reduzindo em até 10% o consumo de combustível. Eu andei mais no perímetro urbano onde o consumo ficou em torno de 7 km/l. Nesta versão top, bem completa, o interior é de mais requinte com acabamentos na cor black piano e o sistema multimídia tem tela de 7”. Esta versão Dynamique

4X4 foi lançada com o preço de R$78.490 mas o preço foi reduzido para R$76.840. A versão de entrada, Expression 4X2 com motor 1.6, também teve seu preço reduzido de R$62.990 para R$59.990. O Duster também tem o maior porta-malas da categoria com capacidade de 475 Litros e seu preço no mercado de usados é bom, não se perde tanto com  a venda depois de alguns anos de uso.

                                KAWASAKI Z300 PROMETE

 
Por R$17.600, sem freios com ABS, ou por R$19.990, com ABS nos freios, chega em julho a Kawasaki 300, uma moto estilo naked com linhas modernas e mais esportivas que tem um desenho muito bonito. A pequena carenagem integrada ao farol duplo deu um visual agressivo ao modelo e as pequenas carenagens laterais que dão proteção ao motor bicilíndrico, na cor preta, cumprem seu papel sem chamar muito atenção. Em alguns modelos de motos essas carenagens tem cores claras e isso cria a impressão de que a moto é muito larga, o que não me agrada. Com visual inspirado nas suas irmãs maiores a Z300 tem tudo pra fazer o mesmo sucesso que a Ninjinha teve na ocasião de sua chegada no mercado.  A Kawasaki Motores do Brasil Ltda (KMB) é uma subsidiária  integral da Kawasaki Heavy Industries Ltd

(KHI) sediada no Japão e tem fábrica em Manaus, AM, ondes produz vários modelos inclusive a Z300.
 
SUBARU FICANDO MAIS FORTE

Desde o Salão do Automóvel em São Paulo tenho acompanhado a franca evolução da Subaru, marca conceituada, símbolo de esportividade e robustez que não tinha um tratamento a altura aqui no Brasil. Depois que Flávio Padovan assumiu a presidência da empresa, depois de carreira de sucesso na Ford, Volkswagen e na Jaguar Land Rover do Brasil onde foi presidente, parece que as diretrizes mudaram e a empresa vem crescendo junto com as vendas e novos produtos estão chegando. A partir de agosto chegam ao mercado brasileiro o WRX ( motor 2.0 turbo de 268 cavalos ) e o WRX STI ( motor 2.5 turbo de 305 cavalos ) por R$ 147.900,00 e R$ 194.900,00, respectivamente.

CHEVROLET NO FUTEBOL

A Chevrolet tomou o lugar da Volkswagen patrocinando o Campeonato Brasileiro de Futebol e também a nossa seleção. Com isso surgiu um novo produto, o Onix Seleção.

ROCK IN RIO É COM A VOLKSWAGEN

A Volkswagen deixou de ter participação expressiva no patrocínio do futebol mas ampliou sua participação num segmento importante, dos jovens, e manteve firme seu patrocínio no Rock in Rio, maior evento de música do país.

RADAR LOUCO

Passei num radar que tem aquele painel que mostra a velocidade que o carro passou e apesar de estar a 35 km/h verifiquei que o radar apontava

95 km/h. Como estava numa fila de carros verifiquei que isso aconteceu com todos dando a impressão do marcador estar travado em 60 km/h e assim somava a velocidade da passagem do carro. O detalhe é que esse radar fica num trecho que não tem uns 100 m de extensão com uma curva fechada antes e outra depois. Ele esta ali para proteger a travessia dos pedestres sendo impossível que alguém consiga atingir 95 km/h em tão pouco espaço mas será que vou receber uma multa desse radar maluco?