sexta-feira, julho 22, 2016

COLUNA ESPAÇO MOTOR


JOÃO MENDES    







            CHEGOU O NISSAN KICKS




Depois de muita expectativa o crossover, utilitário esportivo com dinâmica próxima de um sedã, Nissan Kicks, foi lançado. Não foi um lançamento qualquer e sim um lançamento mundial. Ele é o Carro Oficial das Olimpíadas Rio 2016 e já esta, desde o início do mês passado, acompanhando a Tocha Olímpica por todo Brasil mas é agora que acontece seu lançamento oficial com a Nissan propagando todos os detalhes do carro, suas novidades tecnológicas e o principal, o preço.


Anunciado para chegar nas lojas no início de agosto, junto com abertura oficial da Olimpíadas, o Kicks será produzido na fábrica da Nissan em Resende (RJ) mas enquanto a produção nacional não começa as primeiras unidades virão do México e assim só será comercializada a versão top que é a SL por R$89.990, o que pode parecer muito mas esta versão é bastante completa e possui novidades tecnológicas que nenhum carro produzido no Brasil tem. O Kicks tem simplesmente quatro câmeras que mostram os 360º do entorno do carro na tela de 7" do painel o que facilita muito qualquer manobra e também dá mais segurança, você consegue enxergar tudo a volta do carro, é sensacional. Futuramente, quando chegar nas concessionárias as unidades produzidas em Resende, outras duas versões, mais simples, estarão disponíveis, e eu acredito que a mais barata tenha seu preço por volta dos R$70 mil o que a colocará em igualdade de condições com as versões de entrada de seus concorrentes Ford Ecosport, Honda HR-V, Jeep Renegade, Peugeot 2008 e Chevrolet Tracker. Mas vamos conhecer melhor o Nissan Kicks que tem motor 1.6 L que desenvolve 114 cavalos de potência a 5.600 RPM usando etanol ou gasolina como combustível e seu torque é de 15,5 Kgfm a 4.000 RPM fazendo de 0 a 100 km/h em 12 segundos com velocidade máxima em R$175 km/h. Seu câmbio é automático X-tronic CVT, sem opção de trocas manuais mas com modo Sport e função D-step que simula as trocas de marchas para dar uma sensação de esportividade já que o câmbio CVT trocas as marchas de forma quase imperceptível. Andei bastante com o carro no centro de São Paulo e em estradas do interior do estado e a sensação é de se estar num carro bem racional, não tem aquele ímpeto na arrancada, como também não tem o Jeep Renegade 1.8 Flex, mas em compensação é o mais econômico do seguimento consumindo  8,1 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada com etanol e 11,4 km/l na cidade e 13,7 km/l na estrada, com gasolina, recebendo etiqueta A do Inmetro. Gostei de andar com ele, gostei da sua dinâmica nas curvas afinal a Nissan caprichou com dispositivos que a concorrência não tem, Estabilizador Ativo de Carroceria, Controle Dinâmico de Curvas e Controle Dinâmico de Freio Motor, tudo para o carro ficar bem na mão do seu condutor. Internamente gostei muito dos equipamentos, do painel digital onde se pode configurar com as informações que forem mais necessárias, da central multimídia com tela colorida de 7” sensível ao toque, do sistema de navegação e principalmente dos materiais empregados. No painel um revestimento em couro com uma costura aparente deixa o carro muito chic e os detalhes em black piano ou metalizados dão sofisticação ao modelo que possui sistema de som com uma qualidade que me impressionou. Seu porta-malas tem 432 litros de capacidade o que é bom. A pré venda já começou e o dia da abertura das Olimpíadas, 05 de agosto, esta marcado para o início oficial das vendas em todas as 166 concessionárias. Esse Kicks ainda vai dar muito o que falar e aos poucos eu vou contando tudo pra vocês, nesta edição apenas o começo.


                            LUXUOSO FORD EDGE E ATRAENTE

Em 2008 o Ford Edge chegou ao Brasil e de lá pra cá mais de 14.000 unidades foram vendidas. Para um carro luxuoso e caro esse numero é muito bom e a Ford agora passa a comercializar o modelo, com novo visual e muita tecnologia, na versão Titanium.


O Edge é um crossover premium produzido no Canadá, numa moderna e sofisticada fábrica que tive o prazer de conhecer. Nesta versão Titanium, bastante equipada, ele concorre  com outros crossovers e com utilitários esportivos médios como Audi Q5, Jeep Grand Cherokee, Land Rover Evoque, Volvo XC60 e BMW X3 e com modelos maiores como Volvo XC90, BMW X5 e Volkswagen Touareg, seus reais concorrentes mas com preço bem inferior.  Esses modelos não vendem grandes volumes mas são os chamados aspiracionais, que estão nos sonhos de muitos, adquiridos por poucos, mas tem o seu mercado, aliás um segmento que esta crescendo apesar de toda crise. A Ford reuniu o que de melhor tem em termos de segurança e tecnologia e posicionou o Edge exatamente entre esses modelos médios a que me referi e os grandes e assim o carro tem equipamentos e sofisticações que os médios não tem e fica muito mais barato do que os grandes da lista acima. Anote só, o Ford Edge tem piloto automático adaptativo, sistema de permanência em faixa, monitoramento de ponto cego, sensores que monitoram a pressão dos pneus, porta-malas maior do que a concorrência com abertura inteligente, sistema automático de estacionamento com 12 sensores que monitoram 360º, freio de mão elétrico, partida remota, banco traseiro com rebatimento eletrônico, farol alto automático, e muita coisa mais por R$229.900. Como opcionais apenas o  super teto solar que ocupa 80% da capota e o sistema de DVD com telas no banco traseiro custando R$5.000, cada. O novo design ficou muito bonito e agora tem luz diurna de LED no para-choques dianteiro. A traseira também ficou com linhas muito marcantes e chama a atenção com suas lanternas de LED. Os vidros são acústicos e a cabine ficou mais silenciosa, com mais conforto. As rodas agora são de 20" e chamam a atenção e agora a direção é elétrica e tem um sistema chamado Assistente Dinâmico de Direção que torna as manobras mais fáceis e com menor esterçamento, é uma direção adaptativa. Andando se nota a segurança, estabilidade e precisão através de diversos sistemas e o carro acelera com disposição com seu motor 3,5 litros, V6 de 284 cavalos de potência, transmissão automática de 6 velocidades com as borboletas no volante, para fazer as trocas manualmente, e ainda tração integral AWD. O Ford Edge Titanium chega em 8 cores de carroceria e 3 opções de cores para o interior, seu acabamento é primoroso e na próxima edição eu comento mais alguns detalhes.