sexta-feira, agosto 12, 2016

Mulheres Lindas, Felizes e Poderosas

Márcia Schweizer










Esta semana temos, na nossa coluna, uma bela paulista nascida em Santos e que reside no Rio de Janeiro desde 1990 quando veio cursar a faculdade de odontologia.








Esta mulher linda chama-se Claudia Jannuzzi, tendo sido odontóloga por vários anos e professora universitária. Foi indicada para integrar a Academia de Odontologia no Estado do Rio de Janeiro, sendo então agraciada com o título de cidadã carioca pela Câmara Municipal do Rio, o que lhe dá muito orgulho, pois adora a “Cidade Maravilhosa”, suas belas praias e seu povo hospitaleiro e alegre.






Nossa “Mulher Linda, Feliz e Poderosa” é casada há vinte e um anos com o empresário niteroiense Lourenço Jannuzzi e mãe de três filhos (Luiz Henrique, Maria Eugênia e João Marcelo) e sempre foi apaixonada por joias. Por isso, paralelamente à sua profissão de dentista, passou a ser investidora neste ramo, tendo crescido tanto, que comercializar joias passou a ser sua principal atividade de trabalho.
Seu grande hobby é dançar, tendo sido bailarina de ballet clássico e jazz em São Paulo e no Rio foi aluna da Carlota Portela, no jazz; adora viajar, principalmente para os Estados Unidos, onde seu filho mora; tem uma casa em Angra dos Reis, onde costuma passar os fins de semana com os seus e passear na lancha da família para desbravar as ilhas da região;






gosta de fazer compras e frequentar restaurantes como CT Fashion Mall, Oro do Felipe Bronze no Leblon e Mee no Copacabana Palace; passeia pelos shoppings Village Mall e Fashion Mall, onde compra suas roupas, seus sapatos (grande paixão), maquiagens e vai ao cinema e ao teatro.







Cláudia é uma mulher fascinante, elegante, bonita e que sabe como se tratar. Tanto que só usa produtos de primeira classe. Seu shampoo (Nexxus) é bem complicado de comprar no Brasil e tem que trazer sempre de suas viagens ao exterior. Sua maquiagem é Dior, Channel ou Kryolan; seu perfume predileto é o da Burberry, onde também compra bolsas de couro e pelica bem macios; seu livro de cabeceira foi indicado por seu monge budista e se chama “Quando tudo se desfaz”;

seu filme preferido é “E o vento levou” e todos os musicais. Portanto, gosta dos antigos como Frank Sinatra, Ray Charles, Paul Simon, Gloria Gainor; prefere montanha a mar e é capaz de largar tudo para fazer um passeio no Jardim Botânico ou subir a serra de Itaipava com a família e os amigos.
Cláudia Jannuzzi é a “Mulher Linda, Feliz e Poderosa” desta coluna e merecidamente merece este título, pois é uma batalhadora, mãe desvelada, esposa carinhosa e amiga incondicional, que só sabe fazer o bem e ajudar ao próximo, além de ser bela e elegante, mas também muito simples, segura de si e confiável.