sexta-feira, setembro 02, 2016

COLUNA ESPAÇO MOTOR

João Mendes

           CHEGOU O NOVO MINI COOPER S CABRIO

Tive uma experiência muito prazerosa andando com o novo Cooper S Cabrio da Mini. Dei sorte do sol aparecer bonito e não muito forte e aí andei o tempo todo com a capota aberta pelas praias da zona oeste do Rio de Janeiro. O motor é um 2.0 L 4 cilindros 16V twin turbo que desenvolve 192 cavalos portanto, para um carro de 1295 kg, motor não falta e tem o sistema start/stop que nas paradas desliga o carro automaticamente para economizar combustível.


É um Cabrio com muita esportividade, apertou o acelerador ele pula rápido e o som do escape é uma delícia com as explosões naturais do funcionamento do duplo turbo. As curvas de alta eram inexistentes no trajeto mas nas curvas de baixa se percebe bem como o carro é estável e seguro. Você pode ajustar o conjunto mecânico para Mid ( conforto), Green (sustentável) ou Sport ( esportivo). A suspensão também é adaptativa podendo escolher entre o conforto e a esportividade. O câmbio é automático de 6 marchas com Steptronic, passeando você esquece que tem que trocar as marchas e se quiser acelerar é só usar as borboletas junto do volante. Com muito charme este conversível abre ou fecha sua capota, com acionamento elétrico, em apenas 18 segundos e abrindo apenas o primeiro estágio é como se estivesse andando com um teto solar aberto sobre o banco dianteiro enquanto o resto da capota mantém sua forma, bem interessante. Com relação a segurança é importante destacar que como o carro não tem uma capota rígida em caso de capotamento barras localizadas nas laterais do carro são projetadas para fora e protegem os ocupantes. O Mini Cabrio tem 4 lugares mas o espaço no banco traseiro é para pessoas de dimensões reduzidas. O porta-malas também é reduzido, 160 L, porque tem que reservar espaço para a capota e seus sistemas de acionamento. É um carro para tirar onda e com um luxo incrível, sistema de conectividade top com tela central de 8,8” LCD e HD interno de 20 GB para armazenar o que você quiser, inclusive existe um aplicativo, Rain Warner, que alerta chuvas nas proximidades para poder antecipar o fechamento da capota com calma e segurança. O som é Harman Kardon com 12 caixas, ar condicionado Dual Zone, Head Up display com informações refletidas bem a sua frente principalmente a velocidade que você esta andando. No visual charmoso lanternas de LEDs e rodas de 17” com desenho exclusivo. O Mini Cabrio esta sendo comercializado em apenas uma versão, bem completa, por R$164.950.


                          DUCATI XDIAVEL, CUSTOM DO FUTURO JÁ  

Fui conferir a apresentação da Ducati XDiavel (FOTO) que possui uma versão mais sofisticada e com visual mais futurista que é a XDiavel S. Seu motor tem 1262 cc, dois cilindros, quatro válvulas por cilindro, comando desmodrômico e velas duplas desenvolvendo 156 cavalos de potência. A transmissão é através de correia dentada e para uma arrancada segura você pode escolher entre 3 programas eletrônicos de aceleração, se escolher o de máxima aceleração é só dar a mão no fundo do acelerador que ela arranca com tudo mas sem patinar. O torque máximo é de 13,35 kgf.m e vem logo nos 5000 giros. A eletrônica também comanda os três modos de pilotagem: Urban (potência limitada a 100 cv), Touring (torque suavizado) e Sport (força total), com oito níveis de atuação do controle de tração.
A Xdiavel é uma moderna “cruiser” que consegue ter dirigibilidade bem superior, inclina mais sem arrastar, e é boa de curva. A posição de dirigir é semelhante a de uma moto custom com as pedaleiras mais a frente mas elas são reguláveis e podem se aproximar mais do condutor. Ela é uma ótima opção para quem quer uma moto mais semelhante a uma custom mas com desempenho e sem dúvida é a primeira opção para aqueles que andaram a vida toda de esportivas e super esportivas e estão indo em direção ao mundo custom.   Essa “muscle cruise” tem preço sugerido de R$74.900 para a XDiavel e de R$ 85.900 para a versão XDiavel S mas a Ducati tem uma promoção de lançamento portanto sugiro visitar uma concessionária da marca.

BRT VELOZ

O sistema de transporte de massa BRT – Bus Rapid Transit é ágil, por suas plataformas de acesso, e rápido por ter uma pista exclusiva mas os motoristas exageram na velocidade. Acho um absurdo o que eles fazem andando a mais de 80 km/h com até 271 pessoas a bordo. Por estarem em vias próprias se acham os donos do pedaço e assim vários acidentes já aconteceram. Durante a Olimpíada eu estava na Av. Abelardo Bueno, em frente ao Parque Olímpico, junto com muitas dezenas de pessoas que esperavam para atravessar a rua quando passa um BRT que deveria estar a mais de 100 km/h. Olhei em volta e vi a cara de assustada das pessoas, muitos gringos, que ficaram chocados com a velocidade que o veículo passou no meio de uma multidão. Sei que a velocidade limite em muitas vias é de 80 km/h mas essa velocidade é um exagero para um veículo muito pesado que precisa de muito mais espaço para frear e esta com muitas dezenas de pessoas em pé.  

SETEMBRO PROMISSOR

Neste mês de setembro a Fiat apresenta em Minas Gerais o Uno 2017 e a Ford apresenta na Bahia o Novo Fusion, o BMW Rio Motoclube comemora 13 anos de atividades e as Paralímpiadas agitam o Rio de Janeiro.