sexta-feira, setembro 23, 2016

COLUNA ESPAÇO MOTOR

João Mendes

      FORD FUSION 2017 É A REFERÊNCIA

Desde seu lançamento em 2006 o Ford Fusion tem liderado as vendas no segmento dos sedans grandes. Na época não eram tantos concorrentes que nem hoje mas o Fusion, com suas inovações tecnológicas e bom preço, continuou se mantendo na ponta.


O carro, que é fabricado em 5 países e vendido em mais de 160, no modelo 2017  tem sistema de detecção de pedestres, primeiro no segmento com ele, cintos de segurança traseiros infláveis, alerta de colisão com frenagem, assistente de estacionamento, monitoramento de ponto cego, 8 air bags e ainda ficou 12 mm mais alto para evitar de arrastar nos famigerados quebra-molas. Além disso tem novos faróis com lâmpadas halógenas nas versões SE e SEL e lâmpadas Full LED na versão Titanium. Na traseira uma barra cromada une as novas lanternas. São duas as motorizações, 2.5 L, 4 cilindros, Duratec Flex que desenvolve 166,8 cavalos usando gasolina e 175,3 cavalos usando etanol, e 2.0 L, 4 cilindros, turbo Ecoboost com 248 cavalos e sistema Auto Start Stop para economizar combustível. Nas duas motorizações câmbio de 6 velocidades com as trocas não mais sendo feitas através de uma alavanca mais sim girando um botão no console central. O piloto automático adaptativo agora tem Stop & Go ou seja, numa condução em trânsito intenso o carro segue o da frente e também para quando ele parar e se a parada for menor que 3 segundos ele começa andar novamente e vai seguindo o carro da frente. Tem também o desligamento automático do farol alto quando aparece um carro em sentido contrário, freio de estacionamento elétrico, chave com sensor de presença que pode dar partida remota e muito mais. O Fusion 2017 passa a ter o sistema Sync 3 lançado recentemente no Brasil no Ford Focus 2017. É o sistema de comunicação e entretenimento que passou a ter um processamento dez vezes mais rápido, com ícones maiores, comando de voz aprimorado, tela capacitiva de 8” e conta com menus simplificados para as funções de telefone, navegação, áudio, ar-condicionado e aplicativos oferecendo compatibilidade com smartphones que tem os sistemas Apple CarPlay e Android Auto. O Ford Fusion 2017 custa, na versão de entrada SE 2.5, R$121.500, depois vem as versões com motor 2.0 turbo, SEL R$125.500, Titanium FWD ( tração dianteira) R$138.000 e Titanium com tração integral AWD e teto solar R$154.500. O único opcional para as versões SEL e Titanium AWD é o teto solar que custa R$4.000. A Ford dá 3 anos de garantia mas existem planos que somam até dois anos de garantia estendida. Com esses preços o Fusion tem mais equipamentos que os sedans de luxo que estão no mercado com preço mais atraente e fica próximo dos sedans chamados premium, BMW série 3, Mercedes-Benz Classe C e Audi A4, mas com preço, valor de seguro e manutenção bem mais em conta. Com o que a Ford apresentou nesta versão 2017 o Fusion vai manter a liderança do segmento e o carro estará disponível nas concessionárias no dia 01 de outubro para venda e teste drive.


           NISSAN MARCH 1.6 COM CÂMBIO AUTOMÁTICO CVT

O Nissan March foi o primeiro compacto japonês lançado no Brasil e leva a mesma fama de outros carros nipônicos que não dão oficina. Produzido na fábrica de Resende – RJ ele ganhou uma versão 1.6 com câmbio automático CVT que é uma delícia para andar numa cidade como o Rio de Janeiro onde testei o carro. Esse motor tem 111 cavalos de potência usando o etanol ou gasolina, torque de 15,1 Kgfm, e boas respostas no trânsito ou até nas retomadas em vias mais rápidas.

O câmbio CVT é muito suave e fica mais confortável o dia a dia com ele tendo em conta os grandes engarrafamentos nas grandes cidades. Nas curvas o carro é firme e contorna bem e andando em pisos mais irregulares a suspensão absorveu bem. Segundo o Programa Brasileiro de Etiquetagem o consumo de combustível combinado urbano/estrada é de 13,3 km/l de gasolina.


A versão testada foi a  SL,  que é a top, com sistema de entretenimento Nissan Multi-App com rádio AM/FM, CD e DVD Player, MP3 com display 6,2" colorido, função RDS, entrada auxiliar para MP3 Player, conector USB, 4 alto-falantes, conexão à internet através de WI-FI pela Plataforma Android e download de aplicativos. O carro ainda tem sistema de navegação integrado no painel, comandos de áudio e telefone no volante, rodas de liga leve e direção elétrica progressiva. O preço desta versão top com câmbio CVT é de R$58.990.


MAIS UNO 2017

O Fiat Uno 2017 tem disponível duas motorizações, de uma nova família designada Firefly, uma 1.0 L de 3 cilindros que desenvolve até 77 cavalos e a outra 1.3 L ,4 cilindros, que desenvolve até 109 cavalos. Nestes dois motores não existe mais aquela correia dentada que precisava de trocas periódicas e que se quebrasse detonava o motor. Agora existe uma corrente interna que funciona banhada em óleo e não precisa de manutenção.

LEGADO DA RIO 2016

O maior legado da Olimpíada e da Paralímpiada Rio 2016 esta na área da mobilidade. A via rápida TransOlímpica, as extensões do BRT, a linha 4 do Metro, as novas pistas da auto estrada Lagoa Barra e o recapeamento de muitas ruas e avenidas melhoraram em muito o trânsito na cidade além de encurtarem distâncias.