sexta-feira, setembro 02, 2016

DETRO E DETRAN REALIZAM CAMPANHA SOBRE TRANSPORTE ESCOLAR LEGAL NO COLÉGIO PEDRO II

Ontem, quinta-feira (01/09), o Departamento de Transportes Rodoviários (Detro), em parceria com a Coordenadoria Geral de Educação do Detran, deu continuidade à campanha educativa sobre o Transporte Escolar Legalizado. Lançada na última terça-feira (30/08), no Colégio Militar do Rio de Janeiro, estima-se que cerca de 6 mil pais tenham recebido as informações disponibilizadas durante a campanha. 

No terceiro dia da ação, os funcionários estiveram no Colégio Pedro II de São Cristóvão, orientando os pais sobre os riscos de contratar o serviço ilegal. Na quarta-feira (31/08), as equipes de Detro e Detran estiveram no colégio Pedro II da Tijuca. 

O material informativo, distribuído no período de volta às aulas, esclarece como identificar um veículo legalizado, as exigências estabelecidas pela legislação de trânsito e regras de segurança para este tipo de transporte. De acordo com dados do Detran, anualmente, mais de 1.000 crianças são vítimas de acidente de trânsito no Brasil.

O diretor pedagógico do Colégio Pedro II de São Cristóvão, Volner Viana, apoiou a inciativa e destacou que a presença do poder público é indispensável para que os pais saibam escolher melhor o serviço.




- Esta campanha é muito importante e tem que ser feita mais vezes. Quanto mais bem instruídos os pais estiverem sobre o tema, melhores escolhas farão, observando os registros, o treinamento, a equipe que realiza o serviço. Com isso, a direção da escola também vai estar mais tranquila, no sentido de saber que seus alunos estão sendo bem transportados, disse Viana.

Ramon de Araújo, pai de um aluno o Pedro II de São Cristóvão, falou sobre a importância da campanha.

- Esta ação é muito válida, pois cuida do nosso bem maior: nossos filhos. Eu acho que transporte legal deve ser priorizado, afirmou.



Segundo George Barros, também pai de aluno, a ação pode ajudar responsáveis que ainda não atentaram para os riscos do transporte ilegal.

-  A campanha é boa para sinalizar. Muitas vezes, por falta de tempo, os pais têm que contratar um serviço de transporte para levar seus filhos à escola e acabam não se atentando para o serviço, por falta de informação ou até economia. O transporte legalizado tem que prevalecer, isso vai evitar problemas de segurança e até de trânsito aqui no entorno da escola, declarou.