domingo, outubro 30, 2016

"De Olho Na Cidade"

Gilvan Barbosa Gama

    Se não reclamarmos, vai ficar do jeitinho que está com tendência a piorar.

A  Agencia Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), oficialmente todos os meses acha uma forma de avançar nas finanças dos usuários de energia elétrica desse país. No dia 28/10/2016, por decisão soberana e unilateral, resolveu aumentar as contas de luz, a partir do próximo mês.


Haverá sobre aquilo que já é pago, uma taxa extra de C$1,50 para cada 100 KWA consumidos - fonte Jornal A Tribuna, Vitoria - ES  29/10/2016). Isso devido a já conhecida desculpa da bandeira tarifária que teimam em nos enfiar goela a baixo quando precisam fazer caixa. Salvo engano, se houver condições climáticas desfavoráveis  no Norte e no Nordeste, coisa que todos os anos acontece por sermos um país de dimensão continental, todas as regiões brasileiras pagarão a conta daquilo que não gastaram. Seremos todos avalistas e com isso tome bandeira vermelha onde só se gastou a bandeira verde.

Como leigo em geração, e distribuição de energia, mas estribado na lógica e no bom entender, todos os meses procuro economizar ao máximo meu consumo de energia mas a cada conta que recebo vejo meu gasto aumentado.


Para exemplificar, vamos aos meus gastos e encargos básicos de todos os meses.

<<<>>192 KWA->>>R$87,33
<<<>>>>> Distribuição>>>  R$23,43
<<<>>>>>>encargos setoriais>>>R$21,91
<<<R$ 35,22
Diferença a menor>>>>> R$ 6.25                                                  
Valor total da Conta>>>>R$ 128,86

Na verdade de energia elétrica eu gastei>>>>>R$ 87,33

Os demais >>>>>Cr$ 51,53 são encargos

Gostaria também de saber se todos os fios, postes, torres de transmissão, transformadores e componentes afins, usados pelas concessionárias, são trocados todos os meses para que se justifiquem tais aumentos na conta?Comenta-se que algumas concessionárias usam material sucateado até o colapso dos mesmos.

Outra aberração é a cobrança de ICMS embutido em impostos e tributos.

Diante dessa rápida exposição de um consumidor que se vê enganado mas não iludido como muitos, menos interessados no gasto mensal com a sua conta de luz, eu digo e sustento onde se fizer necessário, que nós consumidores de energia elétrica estamos sendo vítimas de cobrança indevida para não dizer furto continuado.