quarta-feira, fevereiro 01, 2017

Open Society Foundations

A Open Society Foundations (OSF), fundação internacional que promove a justiça e os direitos humanos, lança hoje, dia 01 de fevereiro, na Sala do Olhar, do Teatro do Museu de Arte do Rio (MAR), no Rio de Janeiro, o relatório “Crack: Reduzir Danos - Lições Brasileiras de Saúde, Segurança e Cidadania”.

Elaborado com base em três pesquisas realizadas em diferentes períodos de 2015, o relatório analisa iniciativas locais de saúde pública, segurança e cidadania no Brasil e apresenta uma agenda positiva com 7 lições aprendidas para tratar pessoas em situação de rua que usam crack. 


Para marcar o lançamento do relatório, a OSF promove três eventos públicos com especialistas brasileiros e as canadenses Sarah Evans, coordenadora sênior do Programa de Saúde Pública da Open Society e autora do relatório, e Liz Evans, diretora executiva do dois maiores programas de redução de danos para usuários de drogas injetáveis em Nova York: o New York Harm Reduction Educators (NYHRE) e o Washington Heights Corner Project.

No Rio de Janeiro, na Sala do Olhar, do Museu de Arte do Rio (MAR), Além de Sarah Evans, Eliana Souza Silva (diretora da Redes da Maré) e Marcelle Decothé (Anistia Internacional) discutem programas de redução de danos para pessoas em situação de rua que usam crack nas chamadas ‘Cracolândias’ brasileiras, com moderação da jornalista Flávia Oliveira (O Globo). 


Lançamento: Crack: Reduzir Danos (Rio de Janeiro)
Palestra: Liz Evans
Debate com: Sarah Evans, Eliane Souza Silva e Marcelle Decothé
Moderação: Flávia Oliveira
Local: MAR – Sala do Olhar
Endereço: Praça Mauá, 5 - Centro, Rio de Janeiro - RJ
Horário: 19h às 23h