terça-feira, março 21, 2017

Vereador cobra sinalização nas áreas de ciclismo

O vereador Marcello Siciliano esteve presente ao encontro promovido pela OAB-Barra da Tijuca para falar sobre a segurança no trânsito para os ciclistas.
 
O vereador Marcello Siciliano com Raphael Pazos e Julio Alfaya
 Na ocasião, Siciliano mostrou ao presidente do Conselho de Segurança dos Ciclistas da Cidade do Rio de Janeiro, Raphael Pazos, e ao presidente da Federação de Triatlo do Rio de Janeiro, Julio Alfaya, sua indicação legislativa para que a Prefeitura sinalize adequadamente todas as áreas da cidade que são utilizadas pelos ciclistas de competição.
 
A cidade do Rio de Janeiro saiu na frente com a criação das APCCs (Área de Proteção para os Ciclistas de Competição) do Aterro do Flamengo e da Praia da Reserva. Hoje, mais de 200 atletas, de várias equipes, utilizam as áreas de treinamento, das 4h às 5h30 da manhã. A ideia é ampliar o número de áreas para competição e também de faixas compartilhadas nas ruas para o uso da bicicleta como meio de transporte. O presidente da Associação de Transporte Ativo, Zé Lobo, que também participou do encontro ressaltou que essa é uma tendência que aumenta a cada dia e a região da Zona Oeste é uma das que tem o maior número de bicicletas nas ruas.
- Permitir a boa convivência entre pedestres, ciclistas e motoristas é o grande desafio, porque todos nós queremos ter segurança no trânsito. Somos todos cidadãos, independente da posição que estivermos naquele momento – destacou Siciliano.

Raphael Pazos, presidente da CSCC, Luiz Claudio Pedra, supervisor do Recreio (onde fica a APCC da Reserva), o vereador Marcello Siciliano, o advogado Márcio Dias, da Comissão de Trânsito da OAB-Barra, Milton Raeli, assessor do Recreio, o presidente da OAB-Barra, Claudio Carneiro e o vice-presidente da OAB-Barra, Marcus Soares.
O vereador Marcello Siciliano apoia todas as iniciativas em prol do ciclismo, especialmente as medidas que contribuam para a segurança no trânsito. Ele também tem cobrado da Prefeitura ações para a finalização da ciclovia das Vargens e vai propor a criação de mais áreas para a utilização da bicicleta como meio de transporte, de lazer ou esporte.