quarta-feira, junho 21, 2017

ENVELHE....SER

Luciene Cury









Quando começamos a envelhecer?

Fisicamente falando, quando nascemos já iniciamos o processo do envelhecimento. Só que, as ‘dobrinhas’ dos bebês são mais agradáveis aos olhos, do que as ‘rugas’ dos idosos.


Mentalmente falando, começamos a envelhecer quando os problemas começam a tomar lugar dos sonhos....


E o que a atividade física pode fazer contra esse processo natural? O que os exercícios, feitos de uma forma regular e orientados, podem ajudar

Vou afirmar a vocês que tem como ‘retardar’ esse processo com atividades físicas diárias e mudanças em nossos hábitos. 


Hoje em dia, vejo fotos de meu pai, que faleceu à 35 anos atrás com 58 anos. Não fumava, não bebia, alimentava-se bem. Foi cometido de um câncer e faleceu uns 2 anos depois. Vejo um senhor. Naquela época, não tínhamos a “cultura física’. Não existia academias em cada esquina e a pratica desportiva era ‘coisa de atletas’. Hoje em dia, um homem de 58 anos é um jovem, tanto de aparência quanto de saúde. Mas que foi que mudou? 


Na década de 70, muitas pessoas começaram a se exercitar praticando a corrida de rua, motivadas pelo Dr Cooper.Isso foi um divisor de águas, no que se refere a prática de atividades físicas pela população. Com o tempo a cultura corporal veio se manifestar por conta do ‘boom’ das academias de ginásticas. Os anos 80 chegaram junto com a Ginástica Aeróbia, iniciado nos E.U.A pela atriz Jane Fonda. Para chegar ao Brasil foi um pulo! As academias lotadas por homens e mulheres exercendo a prática. 


Aqui no Brasil já se iniciava, nessa época, a criação de grupos de corrida. O que cito aqui não é uma estória da atividade física e sim como as pessoas começaram a tomar consciência da procura do bem estar físico. Com o tempo, e com o aparecimento das redes sociais, vemos um curioso aumento de pessoas praticando exercícios, frequentando academias, participando de corridas de rua e claro fazendo ‘selfies’. A exposição cada vez mais exacerbada, faz com que todos queiram estar bem, magros e dispostos.

A industria de cosméticos e de suplementos alimentares estão trabalhando com afinco, para oferecer as pessoas, produtos que prometem retardar o envelhecimento, melhorar a textura da pele, atenuar as rugas, melhora do tonus muscular etc. Mas o que realmente poderá fazer com que possamos passar pelo processo de envelhecimento de uma forma saudável e com qualidade de vida? É simples. Só raciocinar! Do que precisamos, alem da saúde? Autonomia! Sim precisamos ter autonomia física para que possamos viver o momento da velhice com qualidade. 


Uma vez, conversando com uma futura aluna de treinamento por planilha, que morava em outra cidade, perguntei o que ela almejava com o treinamento. Ela me deu uma resposta curiosa que ate hoje presto muita atenção. Ela disse que gostaria de acabar com ‘o barulho de velhinho’!! Como assim, você deve estar perguntando? Repare quando você vai se levantar, sentar? Você faz aquele ‘ahhh’ de sofrimento? Isso não é normal, mas nos acostumamos. Tudo é a ‘coluna’ ou a coitada da lombar. 


O que queremos com o tempo, é empregar bem os nossos recursos físicos naturais. Temos que superar o que chamamos de subprodutos inevitavéis do envelhecimento. As juntas que estalam, a pouca resistência, rigidez corporal etc.Tudo isso por conta da inatividade crônica e pela falta de atividades físicas. É um dos primeiros sinais é a mudança na qualidade dos movimentos, pois perdemos um pouco da mobilidade das articulações.

A perda da amplitude dos movimentos e limitações físicas, faz com que não tenhamos vontade de realizar atividades que exijam preparo físico. Então aquela trilha em um lugar maravilhoso, o alto da montanha com uma vista espetacular e ate uma viagem com muitas horas de vôo ficam para trás! Só um exemplo, alem do enrijecimento das articulações, temos com a inatividade, o encurtamento e o enfraquecimento muscular. Vejam esse exemplo com um grupamento muscular enfraquecido: os adutores escapulares, músculos que une as escápulas e auxiliam para que as costas permaneçam eretas. Com o enfraquecimento desse músculos, as costas tendem a ficar encurvada e com isso tambem os músculos abdominais enfraquecidos, diminuindo a distância entre a caixa toraxica e a pélvis potencializando a má postura. 


Poderia dar vários exemplos desses. Se a amplitude de movimento das articulações forem mantidas e seus músculos enrijecidos, você poderá com a idade continuar a fazer exercícios e atividades físicas durante muitos anos com um menor risco de sofrer lesões. Por outro lado, seu condicionamento cardio respiratório treinado, te dará maior disposição. Se notar a imagem dos seus antepassados vai notar que a maioria deles eram encurvados com a idade, muitas vezes também causados pela osteopenia. Hoje em dia temos melhores informações sobre nutrição, ingestão de cálcio e o valor do exercícios físicos, incluindo trabalho de força, aerobio e flexibilidade para nossa saúde e estamos cada vez mais longe de determinadas doenças.

Podemos começar com qualquer idade, o importante e agir, fazer e mudar!!!



Bons Treinos!