sexta-feira, junho 02, 2017

Mulheres Lindas, Felizes e Poderosas

Márcia Schweizer


Eliane Valente é uma moça muito bonita, que parece irmã de seu filho de 30 anos. Foi escolhida para ser a “Mulher Linda, Feliz e Poderosa” desta semana, pois realmente tem todos os atributos para receber esta homenagem:


 é linda por natureza, feliz por saber cultivar as alegrias da vida e poderosa porque tem uma forte personalidade e sabe planejar sua vida e depois cultivar os louros.





Com 52 anos de idade foi casada três vezes com o mesmo marido, pai de seu filho, mas atualmente está divorciada, sozinha e feliz.
Eliane diz ser uma pessoa cheia de defeitos, mas também com muitas qualidades. Ao mesmo tempo em que é brigona, chata, moleca e perfeccionista, carinhosa, amiga e uma rocha quando necessário. Sempre tenta não fazer com os outros o que não gostaria que fizessem com ela, pois acredita na lei do retorno.





 A “Mulher Linda, Feliz e Poderosa” desta coluna é botafoguense, gosta de comida italiana e japonesa, adora viajar pelo Brasil, 






usa o perfume “Angel” e maquiagem “Mac” para a noite, frequenta barzinhos e reuniões em casa com os amigos (sempre com um bom vinho), gosta de filmes de suspense e drama, seu livro preferido é “Inteligência Emocional”, seus autores prediletos são Daniel Goldman (Ph. D.) e Paulo Coelho, gosta de música instrumental, sua banda preferida é a “Capital Inicial”, os compositores do coração são Caetano Veloso, Chico Buarque e Antônio Carlos Jobim.




 Adora ir a supermercados, seus passatempos preferidos são a caminhada,
olhar o mar e viajar nos seus pensamentos,







seu hobby é fazer compras, não liga para grifes, mas gosta das roupas que lhe caem bem, sua praia é a Barra da Tijuca, onde encontra os amigos, tem como esporte jogar Beach Tênis e atualmente joga no Beach Tênis Barra Point.






Por fim, esta mulher inteligente, deixa no ar um pensamento baseado em Marilene Julião:
“- Deixo partir ... Tudo que queira ofuscar o brilho do meu sorriso, que queira nublar o meu coração e principalmente, tudo que queira brigar com minha paz”.